BEM VINDO A ESTE ESPAÇO.

Este é um blog pessoal. Através dele procuro publicar um pouco de conteúdo sobre minha profissão, sobre quem eu sou, sobre minhas opiniões em diversos assuntos e um pouco do meu trabalho como jornalista.

segunda-feira, 22 de março de 2010

Um pouco do meu trabalho na TV – Pagamento IPVA 2010

O telejornalismo, ainda mais quando em cidades do interior, produz reportagens de serviço a comunidade. Logo a seguir é possível conferir o vídeo produzido para alerta sobre o fim do prazo para o pagamento do IPVA 2010. O objetivo é também chamar a atenção do contribuinte quanto ao alto número de inadimplentes ainda vigentes até o início da data para pagamento da última parcela, neste caso, para aqueles contribuintes que optaram por dividir o imposto em três vezes.

video

Um pouco do meu trabalho na TV – Estacionamento para idosos

A reserva de vagas de estacionamento para pessoas com idade igual ou acima dos 60 anos é estabelecida por lei. Tanto o Conselho Nacional de Trânsito – Contran, quando o Estatuto do Idoso, propõe que 5% das vagas regulamentadas se destinem ao uso exclusivo dos veículos utilizados por idosos.

Como é o caso de várias outras leis no Brasil, esta também falta aplicabilidade. No caso do município de Araxá, apenas uma vaga, situada no Fórum da cidade esta demarcada para o uso dos idosos. Desta maneira este assunto foi motivo de pauta no telejornal da emissora de TV local, conforme se pode acompanhar no vídeo abaixo.


video

quinta-feira, 18 de março de 2010

Um pouco do meu trabalho na TV – Mudanças no Grande Hotel do Barreiro em Araxá-MG

Evidenciar as notícias regionais e os assuntos pertinentes ao município a que pertence é um dos papeis de uma emissora de TV local. No vídeo que segue abaixo a reportagem aborda a mudança na administração do Grande Hotel do Barreiro em Araxá-MG. O complexo é um dos maiores patrimônios público arquitetônico do estado. O hotel é arrendado para ser administrado por grupos hoteleiros de grande porte. Em março de 2010, um novo grupo passou a assumir o local, após o processo de licitação da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig).

O hotel faz parte de um complexo turístico da região, e é considerado na cidade e no interior mineiro o mais importante palco de grandes acontecimentos sociais, políticos e culturais. Foi projetado por Luiz Signorelli, em estilo missões e conta com aproximadamente 43.000 m² de área construída. O local impressiona visitantes, com imponentes salões, todos revestidos em mármore de Carrara e estrategicamente decorados por mobiliário épico que formam um conjunto de estilo com lustres de cristais da Boêmia, janelas com cristais de origem francesa e obras de artes em vitrais e afrescos.

Os apartamentos foram todos reformados, em um projeto que durou cerca de 4 anos até ser concluído. Com isso foram modernizados, permitindo aumentar a capacidade de hospedagem para cerca de 800 hóspedes. Muitos móveis que ali são encontrados ainda são do período da inauguração, a exemplo, das suítes, presidencial e governamental no segundo andar. O Grande Hotel do Barreiro de Araxá é tombado pelo Patrimônio Histórico e Cultural.

video

quarta-feira, 17 de março de 2010

Um pouco do meu trabalho na TV – Vacinação contra Gripe A

Triste realidade é a preocupação que a Gripe A trouxe a todos nos brasileiros. Acredito que foi motivo de pauta em todas as emissoras independente da abrangência e localidade. Em Araxá-MG, depois de muito noticiarmos sobre a influenza A H1N1, tivemos o prazer de levar as informações sobre a campanha de vacinação.

Confira no vídeo a seguir, como foi a reportagem exibido no início de março. Por coincidência a vacinação teve início no dia 08/03/2010, data em que se comemorou o Dia Internacional da Mulher.

video

Dona Beja – um mito na história de Araxá-MG, cenário de muitas propostas para que o Triângulo Mineiro se torne uma nova Unidade da Federação

O mito na região de Araxá narra que Ana Jacinta de São José foi uma cortesã de Minas Gerais, que tem a memória marcada pelo saudosismo de uma heroína. Um fato que mexe com o imaginário. Ainda na adolescência a personagem foi carinhosamente apelidada como Beja, pelo primeiro namorado, fazendo referência ao beija-flor, um pássaro muito comum na região e de beleza excepcional. Com a visita do ouvidor do rei (que vinha de Vila Boa, capital da província de Goiás, a São Domingos de Araxá no Sertão da Farinha Podre, hoje região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, também pertencente à província de Goiás na época) Beja foi raptada por tamanha era sua beleza e seus encantos. Levada para Vila de Paracatu do Príncipe junto ao ouvidor Beja recebeu finos tratos e instalações dignas de uma princesa. Narra à história que o ouvidor passava sobre o olhar atento da justiça de Goiás, pelo fato de ser o mandante do rapto da moça e do assassinato de seu avô, que tentara impedir o fato. Dando ouvido aos palpites de Beja, o ouvidor se empenhou em usar sua influência para voltar os alcances das terras do Sertão da Farinha Podre, a pertencerem novamente a Minas Gerais, de onde fora separado em meados de 1848, o que faria dele um homem livre dos olhos da justiça de Goiás. Assim a partir de 1816 o Triângulo volta a pertencer a Minas.

Hoje parte da história de Araxá de onde vem o primeiro ideal de emancipação é contada através dos famosos vitrais coloridos que retratam mapas do estado e os banhos nas águas energizantes e sulfurosas, e que decoram o teto das Termas, no Complexo Hidrotermal do Barreiro, inaugurado em abril de 1946. Nas paredes, afrescos com pinturas que retratam a história de Araxá desde a descoberta pelos bandeirantes, circulam o piso central, em um formato arredondado, cujo as pedras de mármore branco e preto formam no chão uma grande mandala de oito pontos. A construção localizada na cratera de um vulcão extinto fica a aproximadamente cinco quilômetros da cidade, é dotada de grandes janelas de vidro, de onde se pode observar um grande lago que ao redor é marcado por belos parques e jardins projetados por Burle Marx, um dos maiores paisagistas do século, premiado internacionalmente, e falecido em 1994 no Rio de Janeiro, aos 84 anos.

Extraído do livro reportagem - O Triângulo Mineiro em busca de uma nova fronteira: as faces do discurso emancipacionista. Autor: Luiz Carlos Florentino

Um pouco do meu trabalho na TV - Novas regras para candidatos a CNH

Uma possibilidade de mudança no sistema de aprendizagem adotado com candidatos a carteira nacional de habilitação foi motivo de pauta na TV, confira na reportagem em vídeo.

Para o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) os alunos teriam que passar por simuladores de direção antes de assumirem o comando de um veículo em via pública, mesmo estando acompanhados sobre a orientação de instrutores especializados. A idéia é submeter alunos a uma espécie de videogame para após esta prática seguir uma vivencia real nas ruas.

Na proposta existe ainda a possibilidade de parte das aulas de direção ser realizadas no período da noite. Uma forma de educar os futuros condutores sobre diferenciais em se dirigir durante o dia e a noite.

video

segunda-feira, 15 de março de 2010

Transparência

“ Nas eleição de 2010, todos os candidatos deverão apresentar suas fichas criminais ao TSE, que disponibilizará as informações aos eleitores através da internet ”

Um recurso que deveria estar sendo usado no Brasil já a muito tempo. Afinal em um país onde se convive com tanta corrupção não poderia ser diferente. E será que ainda existe algum cidadão que se posicione contra a abertura das fichas criminais de candidatos? A grande maioria aprova a iniciativa, e até questiona porque não tornaram tais informações públicas em anos anteriores.

O instituto Análise, apontou através de estudo recente que 91% dos eleitores acreditam que a imprensa contribui significativamente com o combate a corrupção, quando produz reportagens mostrando escândalos de políticos e autoridades ligadas ao governo.

A imprensa, o jornalismo nacional, tem sua credibilidade fortalecida, um fato que nós comunicadores atuantes não podemos deixar falhar, mesmo com a intervenção de políticos como os que não aprovam a necessidade de diploma para o exercício da atividade.

segunda-feira, 8 de março de 2010

Reportares. Por reportares tu.

No dicionário repórter é o profissional que produz reportagens. Reportar é o ato de contar, relatar algo. Quando assumimos uma carreira que tem como principal eixo a prática de se reportar informações, assume-se também a co-autoria, como testemunha ocular talvez, dos relatos que descrevem o cotidiano de uma sociedade. Seja ele bom, ruim, curioso, vergonhoso, cômico ou cruel. As atuais mudanças que norteiam as decisões em volta da carreira de jornalista no Brasil mexem com os profissionais, mas, o que se espera é que tais alterações não provoquem interferências em termos qualitativos. Zelar pela boa qualidade da informação que consumimos é no mínimo um dever de quem se propõe a produzir algum conteúdo. A ética a moral e os bons costumes devem ser a pauta de cada dia, a ser executada por cada profissional.